Fale com Suporte
voltar
Compartilhar:
Planejamento de BI: fatores que levam a empresa a dar mais atenção ao tema

Planejamento de BI: fatores que levam a empresa a dar mais atenção ao tema


A análise dos dados relevantes por meio de ferramentas de BI pode ser o diferencial competitivo que faltava para a sua empresa crescer e se destacar perante os concorrentes. Aprenda agora mesmo como fazer um bom planejamento de BI e alcançar o sucesso no mundo dos negócios.

Afinal, o que é BI?

BI é a sigla para Business Intelligence, um processo de gestão estratégica baseado na coleta, estruturação, análise, compartilhamento e acompanhamento de dados brutos.

O BI auxilia os gestores nos processos de tomadas de decisão e na simulação de cenários no curto e longo prazo.

BI pode ser útil para uma empresa de médio porte?

Sim. Pequenas e médias empresas também podem se beneficiar do uso de soluções baseadas em BI no planejamento estratégico. Afinal, aumentar a inteligência nunca faz mal.

A grande vantagem é que está cada vez mais prático implementar o Business Intelligence nas estruturas das pequenas e médias empresas que desejam expandir seus negócios. Atualmente, trabalhar com BI já não exige um profundo conhecimento em processamento de dados. É possível até mesmo para os mais leigos extrair os dados necessários para gerar inteligência.

Contudo, a mineração das informações é apenas um dos aspectos que envolvem a prática de BI. O diferencial está na interpretação desses dados, de modo que eles se transformem em informações relevantes para o negócio. Essa tarefa exige experiência, por isso sempre recomendamos conversar com um especialista em oferecer soluções assunto.

Principais benefícios dos softwares de BI

Alguns dos principais benefícios de utilizar sistemas de BI em sua gestão estratégica são:

Análises preditivas mais certeiras

Análises preditivas são aquelas em que um gestor precisa olhar para o futuro e conseguir tomar, desde já, as decisões necessárias para que a empresa fique sempre um passo à frente de seus concorrentes.

A tecnologia atual permite analisar até mesmo os mais gigantescos conjuntos de dados para construir modelos mais complexos e prever resultados com mais efetividade.

Melhor embasamento na tomada de decisões estratégicas

Uma boa intuição e experiência são importantes na hora de tomar decisões importantes nos negócios. Mas ter a confirmação das suas escolhas nos números é muito melhor.

Utilizar corretamente as ferramentas de BI permite aos gestores terem mais embasamento para a tomada de decisões que vislumbrem o longo prazo.

Ter o apoio dos números também é importante para conseguir justificar as decisões tomadas perante o restante da equipe, superiores e investidores.

Quem souber usar as melhorias estruturais para realizar análises mais complexas terá um grande diferencial competitivo em mãos.

Melhor visualização das informações

Comece a se despedir dos gráficos de pizza em cores de tom pastel com enormes blocos de texto em Arial com fonte tamanho 10. Com o auxílio de ferramentas de BI é possível consultar informações em tempo real e de forma cada vez mais visual.

Criar soluções que realmente atendam às necessidades do seu negócio

Olhar os dados de outros mercados, concorrentes e consultar referências de diferentes fontes é muito importante na hora de desenvolver um planejamento estratégico. Contudo, essas informações em última instância não dizem respeito ao contexto específico da sua empresa e às suas necessidades.

Nem toda boa prática é boa para todos. Para conseguir elaborar as melhores estratégias e análises para você é preciso conhecer os dados do seu negócio e dos seus clientes. Por que se basear na realidade dos outros quando podemos nos basear e conhecer os nossos próprios erros e acertos por meio do BI?

Centralização dos dados

Muitas são as fontes de dados que uma PME pode contar hoje — dos dados que podem ser extraídos das redes sociais até os relatórios financeiros e de desempenho produzidos internamente. Todos são capazes de trazer informações que podem ser preciosas para os negócios.

O problema é que sempre estamos olhando para esse material de forma isolada por serem provenientes de diferentes origens. Ao utilizar uma ferramenta de BI é possível conectar as diversas bases para o cruzamento desses dados de forma limpa e governante.

Como fazer o planejamento e estruturar uma estratégia de BI

1. Defina os requisitos funcionais

As Key Performance Indicators (KPIs) são o centro de qualquer operação em Business Intelligence. São indicadores-chave de desempenho que ajudam a medir se os objetivos estabelecidos estão sendo atingidos. É papel da equipe de cada projeto determinar quais informações devem estar disponíveis nas aplicações de BI, quando e em qual formato.

2. Escolha os parceiros certos

Na esmagadora maioria das corporações, a recomendação é que toda coleta de dados e acompanhamento das métricas sejam padronizados em um único sistema de Business Intelligence. Concentrar todas as informações em um único local e de fácil localização é prático e a melhor forma de garantir que toda a equipe esteja na mesma página.

3. Defina os grupos de utilizadores

É essencial determinar quem serão os utilizadores da ferramenta de Business Intelligence contratada. Em geral, são três grupos de utilizadores: uma mais geral, que são as pessoas que precisam de acesso aos relatórios, os produtores e analistas responsáveis pela avaliação e validação os dados e os gestores.

4. Envolva os utilizadores na fase inicial

No processo de implementação, é recomendado que o departamento de TI crie uma versão beta da solução a ser utilizada. Os requisitos essenciais não devem nunca ficar de fora! Depois, todos os futuros utilizadores devem ser incluídos para realizarem os testes, já que são eles que trabalharão com a ferramenta no futuro.

5. Garanta a integração e qualidade dos dados

Identifique os locais nos quais as informações necessárias estão disponíveis e como elas devem ser acessadas. Se a qualidade dos dados brutos não for satisfatória, aja rápido e busque os softwares apropriados para acessar todas as fontes de dados e mantenha as informações sempre atualizadas.

Pronto! Agora que o planejamento de BI está finalizado é só colocar em prática e olhar os dados com a atenção que eles merecem. Gerar inteligência para o seu negócio é a melhor forma de ter certeza que tomará as melhores decisões possíveis para ter cada vez mais sucesso nos negócios.

Fique sempre por dentro das melhores informações sobre BI e gestão estratégica. Curta nossa página no Facebook!

Artigos relevantes

Revolucionando o varejo: o papel do BI nos supermercados

Revolucionando o varejo: o papel do BI nos supermercados


Entre prateleiras repletas e corredores movimentados, se esconde um desafio para todo varejo: entender e satisfazer o consumidor moderno, que…

Leia mais
Transformação corporativa: WAM e Toccato elevam o BI com Qlik

Transformação corporativa: WAM e Toccato elevam o BI com Qlik


Você já parou para pensar no poder que os dados têm para impulsionar o crescimento e a eficiência da empresa…

Leia mais
Tudo sobre o novo curso: Analisar Dados no Qlik Sense

Tudo sobre o novo curso: Analisar Dados no Qlik Sense


Tudo sobre o novo curso: Analisar Dados no Qlik Sense Primeiramente, de você é daqueles que está sempre em busca…

Leia mais

Calcule a sua maturidade em dados