Fale com Suporte
voltar
Compartilhar:
Como escolher o melhor fornecedor de TI para a minha empresa?

Como escolher o melhor fornecedor de TI para a minha empresa?


Quando o departamento em questão é o de TI, as vantagens em contar com uma equipe terceirizada só aumentam. Além da redução com custos trabalhistas e a previsibilidade de gastos emitidos em contrato, um fornecedor de TI conta com soluções eficientes e ampla experiência, o que por si só já são motivos mais do que suficientes para que esta opção seja levada em consideração.

No post de hoje, você descobrirá como escolher um bom prestador de serviços de TI a partir da demanda interna, quais são as características em comum entre os bons fornecedores, como estabelecer um relacionamento sólido entre contratante e contratado e muito mais. Continue a leitura!

Descubra qual será a demanda necessária

Antes de perguntar como escolher um bom fornecedor de TI, é preciso descobrir do que a sua empresa precisará. Existem inúmeras companhias, oferecendo muitos serviços, e os orçamentos também são diversificados. Para evitar gastos desnecessários, realize um levantamento e avalie do que a sua empresa precisa.

Nesse levantamento, deve ser incluída a estrutura requerida para as soluções operarem com excelência: instalações físicas, roteadores, climatização de ambientes etc.

Lembre-se: de nada adianta contar com um parque tecnológico robusto e ágil se as necessidades da sua empresa não utilizam nem 50% do que os equipamentos podem oferecer. O custo para manter todo o aparato será alto e haverá desperdícios desnecessários.

Uma dica é optar por fornecedores que realizem diagnósticos para avaliar suas necessidades em vez de oferecer “pacotes” prontos. Fique atento, pois a proposta oferecida deve levar em consideração as dores apontadas pela sua empresa e não a conveniência do fornecedor.

Opte por um fornecedor de TI com certificações

Os certificados são documentos capazes de atestar que os fornecedores de TI possuem determinadas habilidades ou conhecimentos em tecnologias específicas. Eles são emitidos por grandes empresas do segmento tecnológico, como Microsoft ou IBM, e são adquiridos por meio de auditorias técnicas, no caso de empresas ou testes para os profissionais em questão.

Além disso, lembre-se de que esses fornecedores de TI terão acesso a algumas informações confidenciais da sua empresa. Por isso, é crucial que possam garantir a segurança desses dados por meio de protocolos e infraestruturas robustas, atestadas e garantidas por alguma empresa de segurança tecnológica.

Existem diversas formas de se obterem certificações tecnológicas, e muitas empresas emitem esse documento. Conheça alguns dos principais fornecedores de certificados tecnológicos:

  • Microsoft: empresa americana que desenvolve, fabrica, licencia e vende softwares e equipamentos tecnológicos;
  • Dell: uma das maiores produtoras mundiais de computadores, servidores, switchs de rede e periféricos em geral;
  • Oracle: gigante americana especialista em desenvolvimento e comercialização de softwares;
  • IBM: uma das mais antigas empresas de tecnologia do mundo, atualmente famosa por desenvolver o Watson, plataforma de inteligência artificial referência no ramo da TI;
  • Citrix: empresa especializada no desenvolvimento de softwares SaaS, servidores virtuais etc.;
  • Intel: grande fabricante de circuitos integrados (processadores, chipsets, entre outros).

Pesquise sobre outros clientes atendidos pelo fornecedor

Nada como ouvir clientes que já foram atendidos pela empresa fornecedora de TI para descobrir se o serviço prestado possui a qualidade prometida. Tente fazer contato com algumas dessas organizações e, assim, estabeleça um panorama mais amplo acerca dos resultados obtidos. Isso evitará que sua empresa adquira serviços incoerentes com as necessidades atuais.

Conheça também os projetos implementados por tais fornecedores. Se forem físicos, tente agendar uma visita ao local, já que um mesmo projeto pode ser entregue com algumas diferenças, dependendo do fabricante. Um appliance, hardware dedicado com firmware integrada, pode possuir recursos totalmente diferentes, de acordo com o fornecedor.

Além disso, é importante lembrar que tudo que for entregue deve ser devidamente implementado. Bons resultados dependem mais da capacidade de implementação do que dos recursos oferecidos pelo equipamento. Quanto menos a rotina de uma empresa for impactada pela transição tecnológica, melhor.

Certifique-se de que o fornecedor oferece também um suporte eficiente

No universo da TI, as crises podem acontecer a qualquer momento. Por exemplo, servidores se desestabilizam de uma hora para outra. E o problema pode seguir por dois caminhos: no primeiro deles, a própria empresa tem que se virar para descobrir e resolver, o que em geral faz o caos tomar conta do ambiente.

No segundo caminho, a companhia e o fornecedor unem forças e, juntos, tomam as medidas necessárias para resolver o problema da melhor forma possível.

A falta de reação mediante um problema pode potencializar os prejuízos e, por isso, o suporte oferecido pelo fornecedor precisa ser ágil e eficaz. Algumas empresas afirmam, inclusive, que o melhor provedor de TI é aquele que oferece suporte full time. 

O objetivo é que o fornecedor possa auxiliar sua empresa nos momentos mais críticos. Aliás, todo o suporte oferecido deve estar explícito nas cláusulas do contrato, de forma bem clara.

Preze pelo bom relacionamento de ambas as partes

Ao seguir todas as dicas anteriores, você certamente encontrará um bom fornecedor de TI. Mas apenas encontrá-lo não é suficiente.

Para que a parceria seja um sucesso e você consiga extrair todos os benefícios dela, é preciso cultivar um bom relacionamento entre as partes. O primeiro passo é eliminar a barreira que existe entre cliente/fornecedor, garantindo que todos os envolvidos possam trabalhar juntos para conquistar metas e objetivos em comum.

Isso significa que a sua empresa também possui responsabilidades que devem ser cumpridas, por exemplo:

  • emitir feedbacks construtivos a fim de auxiliar na evolução dos serviços prestados pelo fornecedor;
  • confiar no fornecedor e deixá-lo realizar o trabalho sem fazer interferências prejudiciais aos resultados;
  • tratar o fornecedor como parte essencial da equipe.

Já do fornecedor espera-se:

  • fornecer consultorias para mapear as necessidades do cliente;
  • ser ágil e prestativo no atendimento das demandas;
  • ter disponibilidade para sanar dúvidas e esclarecer processos ainda não familiares à empresa contratante;
  • garantir disponibilidade do suporte full time.

Se ambos conseguirem seguir essas dicas, será apenas questão de tempo para que a parceria se torne um verdadeiro sucesso e os resultados possam ser alcançados.

Ao contratar um fornecedor de TI de qualidade, você garante que sua empresa trabalhará com as melhores possibilidades tecnológicas disponíveis sem precisar dispor de uma equipe interna para isso, o que pode ser vantajoso, dependendo da demanda necessária.

Afinal, um fornecedor de qualidade poderá auxiliá-lo e oferecer o que há de mais moderno em tecnologia para a conquista dos seus objetivos.

Quais outras características você acha que não podem faltar em um bom fornecedor de TI? Deixe nos comentários abaixo. Comente também caso tenha ficado com alguma dúvida!

redução de custos versus produtividade

Artigos relevantes

Toccato + Google Cloud: nova parceria em Cloud Computing

Toccato + Google Cloud: nova parceria em Cloud Computing


Temos o prazer de anunciar uma nova dimensão em nossa oferta de serviços: a parceria da Toccato com o Google Cloud…

Leia mais
Revolucionando o varejo: o papel do BI nos supermercados

Revolucionando o varejo: o papel do BI nos supermercados


Entre prateleiras repletas e corredores movimentados, se esconde um desafio para todo varejo: entender e satisfazer o consumidor moderno, que…

Leia mais
A Toccato mudou: saiba tudo sobre o nosso rebranding

A Toccato mudou: saiba tudo sobre o nosso rebranding


ocê reparou que a Toccato mudou? Nossa marca passou por uma transformação significativa, refletindo nosso compromisso com a inovação e…

Leia mais

Calcule a sua maturidade em dados