Fale com Suporte
voltar
Compartilhar:

RioCard Mais

Soluções de análise de dados da Qlik viabilizam decisões para otimizar serviço de transporte público.


“Tivemos um grande avanço na hierarquia de maturidade da inteligência de negócios com a criação de uma nova estrutura.
O uso da plataforma Qlik está sendo um grande diferencial para obtenção de melhores resultados, estratégias e controles.”
Renata Faria, Diretora Executiva, Riocard Mais TI

Mobilidade urbana moderna gera informação complexa

A mobilidade urbana depende cada vez mais da integração dos diferentes modais de transporte público e de sistemas de bilhetagem eletrônica que beneficiam o usuário.
A modernização oferece oportunidade aos operadores de melhorar a eficiência e rentabilidade de seus negócios, mas a agilidade no acesso e análise de dados são fatores críticos.

A Riocard Mais tem feito esta evolução, liderando a transformação digital no setor dos transportes no Brasil.  A transição do vale-transporte em papel para o eletrônico começou em 2003. De início aderiram mais de 200 empresas, representando na época em torno de 20 mil ônibus. Desde então o Riocard Mais se expandiu em termos geográficos. Hoje é aceito em 72 cidades do Estado do Rio de Janeiro e pode ser usado em todos os modais de transporte, incluindo ônibus, trem, metrô, barcas, Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) ou vans. O sistema possui mais de 25 mil validadores que processam mais de seis milhões de viagens diariamente.

A Riocard Mais é atualmente o maior sistema de bilhetagem do Brasil e da América Latina. Possui mais de 2.000 pontos de venda e mais de 100 mil empresas compradoras de créditos para trabalhadores. Dispõe de cartões de gratuidade para estudante, sênior e pessoas com necessidades especiais e um aplicativo que permite conferir o saldo e recarregar o cartão Riocard Mais diretamente no celular. Conta com um sistema
de controle biométrico de reconhecimento facial antifraude e wearables na forma de pulseira e chaveiro.

À medida que a Riocard Mais inovou, a volumetria de dados aumentou e se tornou mais complexa devido ao aumento de funcionalidades e requisitos técnicos para atender o sistema e entender o comportamento do usuário final. Por ano, o sistema registra dois bilhões de operações e 60 milhões de transações financeiras.

Independência de consulta para clientes

No início de 2017, a Riocard Mais concluiu a criação de uma base corporativa que replica o que está no mainframe IBM rodando diversas aplicações para facilitar a consulta de dados tanto pelos departamentos financeiro e comercial como pelos operadores de transporte.

“Cada área da empresa usava uma ferramenta distinta. Precisávamos de consistência das informações, assim como agilidade”, disse Renata Faria, Diretora Executiva da Riocard Mais Tecnologia de Informação.

As consultas tinham de ser feitas no mainframe, o que gerava conflito entre produção normal de venda de créditos e relatórios das áreas de negócio, como relatório de finanças, que tem um volume de dados alto. “Algumas vezes a venda de crédito dos ATMs foi impactada quando pedia um relatório em função da concorrência de processamento. O meu job era schedulado para um horário de final de semana porque o mainframe era otimizado para fazer a venda de crédito durante o dia e o processamento das transações para o pagamento às empresas à noite”, contou o Diretor Financeiro e de Recursos Humanos, André Nolte. Para evitar a lentidão dos sistemas, a TI só podia executar relatórios em pequenas janelas de tempo e um pedido de consulta resultava em atendimentos médios de 48 horas. Faltava uma ferramenta que desse mais independência ao usuário.

Facilidade e simplicidade no acesso a dados

A Gerência de Sistemas da Riocard Mais iniciou uma pesquisa de mercado comparativa com mais duas outras soluções de analytics. “Avaliando tecnicamente o resultado nas ferramentas disponíveis, optamos pelo Qlik Sense porque conseguia processar a informação de forma muito rápida e apresentá-la de uma forma fácil para o usuário final”, disse Marco Albuquerque, Gerente de Sistemas da Riocard Mais.

O projeto trabalhou em dois pontos principais, a redução de fraude no uso de cartão de gratuidade e a análise da mobilidade de oferta e demanda das empresas ao longo de 24 horas. A Riocard Mais também implementou recursos de relatório e alerta do Qlik Sense para enviar informações de relatórios automaticamente aos clientes.

Velocidade na análise reduz fraude

A implantação do Qlik Sense na Riocard Mais tornou mais dinâmico o acesso à informação por 50 usuários internos e empresas de transporte. Por exemplo, a análise do histórico do cartão de gratuidade permite identificar comportamentos ilógicos que prenunciam uso fraudulento. O Qlik permite criar painéis com o perfil destes usuários que fornecem insights importantes para a célula antifraude bloquear operações irregulares. Um dos resultados foi a redução em 65% de fraude na compra de créditos no aplicativo para celular. “Quando a gente fala em anti-fraude, a velocidade de consulta é fundamental para a tomada de ações”, afirmou o Diretor Executivo, Cassiano Rusycki.

Outra vantagem do Qlik é a possibilidade de saber diariamente onde tem mais ou menos demanda e otimizar as linhas de ônibus, ajudando os operadores no planejamento. Essa ferramenta foi importante no acompanhamento da pandemia COVID-19. Em duas semanas, o volume de passageiros de transporte público no Rio de Janeiro chegou a cair 72%. A informação foi vital para fazer uma quebra do passageiro, produto, modal e empresa, e tomar decisões de abertura e fechamento de linhas e lojas, com impacto no custo. A parceria com a Qlik é estratégica para a transformação digital. “Com o Qlik tenho várias análises que eu não conseguia ter antes em um nível de detalhe. A análise de informação é essencial para conhecer melhor o cliente e corroborar uma maior agilidade e resposta nos serviços”, afirmou Andre Nolte.

Veja outros casos

Ferreira Costa Varejo

A Ferreira Costa adotou a plataforma da Qlik, multinacional de software de visualização de dados.

Ver caso completo
FCC S.A. Indústria

A Fábrica Carioca de Catalisadores S.A. implementou o BI da Qlik para a integração de diferentes informações transacionadas

Ver caso completo