Fale com Suporte
voltar
Compartilhar:
Governança corporativa: práticas para garantia de bons resultados!

Governança corporativa: práticas para garantia de bons resultados!


Empresas precisam de estruturação e organização para que funcionem adequadamente. Diante disso, a governança corporativa tem um importante papel de proporcionar esse alinhamento entre gestores, sócios e diretores. Dessa forma, o trabalho estratégico e a atuação da companhia têm um padrão que garante sucesso.

Para que tudo funcione, boas práticas devem ser consideradas. Só assim a empresa tem processos de trabalho sólidos, com foco em resultados e desempenho. Neste post você entenderá melhor sobre governança corporativa, seus pilares e como executá-la com eficiência em uma companhia. Confira!

Entenda o que é a governança corporativa

A governança corporativa é uma definição organizacional de como as empresas serão geridas e acompanhadas no cotidiano. Isso permite que os resultados passem sempre por análises de desempenho, em que as melhorias podem ser sugeridas.

A proposta também é desenvolver o relacionamento e a organização hierárquica entre elementos como:

  • sócios;
  • diretores;
  • conselho administrativo;
  • órgãos de fiscalização.

A definição desses padrões permite um alinhamento fiel dos processos à gestão com foco em resultados. Eles definem as políticas internas, as regras e a cultura organizacional que deve ser seguida na empresa. Do mesmo jeito que estabelece esses pontos, a governança corporativa também define como fiscalizá-los.

Nesse trabalho, há 4 princípios básicos definidos e que devem reger todas as decisões e a gestão. São eles: transparência, equidade, accountability e responsabilidade corporativa. A seguir, entenda melhor sobre cada um dos pilares.

Transparência

Esse princípio preza pela transparência e ampla divulgação das informações sobre a empresa e seus resultados. É importante que tudo seja claramente debatido, sem que interesses individuais sejam preservados em determinadas questões. Dados como o desempenho financeiro, por exemplo, não devem ser restringidos em nenhum nível hierárquico entre os citados.

Todos os fatores relacionados à gestão da empresa, aos acontecimentos e ao desempenho da companhia, devem ser compartilhados. Isso ajuda a governança corporativa a funcionar adequadamente.

Equidade

A equidade preza pelo respeito e tratamento igual entre todos os sócios e stakeholders de uma companhia. Isso garante que todos tenham seus direitos e deveres protegidos, independentemente de interesses individuais e estratégias de gestão. A participação e o acesso às informações deve ser igual a todos.

Accountability

A prestação de contas é um ponto importante e deve ser feita com clareza e transparência, favorecendo a ampla compreensão. Os elementos encarregados pela governança de uma empresa devem ser responsabilizados por qualquer ato de omissão. Todos os dados devem ser disponibilizados de modo que favoreçam o acesso de quem tem esse direito.

Responsabilidade corporativa

Sócios, diretores e o conselho administrativo têm o compromisso de proteger a saúde financeira e econômica da empresa. Essa ação é feita sempre bloqueando fatores externos que possam ser prejudiciais às operações da organização. Esse trabalho também é focado na busca do crescimento econômico, como uma forma de comprometimento com o desenvolvimento da empresa.

e-book toccato planejamento estratégico e bi

Conheça as práticas que garantem bons resultados

A governança corporativa precisa se basear em boas práticas para atingir resultados satisfatórios e que ajudem no desenvolvimento da empresa. A seguir, veja quais são as melhores e no que consiste cada uma delas!

Desenvolvimento de um fluxograma claro e coerente

Um dos pontos mais importantes na governança é definir métodos, fluxogramas e o processo exato que a empresa deve seguir em sua atuação. Cada setor deve ter seu trabalho devidamente definido, assim como suas responsabilidades dentro dos processos corporativos. Tudo isso pode ser feito por meio das políticas organizacionais.

Nesse contexto, a forma de operação dos setores nas etapas das demandas precisa ser devidamente definida. Assim, a empresa estabelece padrões que a direcionam para resultados consistentes e satisfatórios. É fundamental também determinar a hierarquia que deve ser respeitada em cada departamento e na empresa como um todo.

Acompanhamento de resultado e reuniões para análise de desempenho

Manter uma companhia dentro de sua estratégia é o grande desafio de gestores e diretores. Por isso, os dados se tornaram tão importantes para as empresas nos últimos anos. A prática da análise e do acompanhamento de resultados é indispensável e deve ser realizada com muita dedicação e comprometimento.

Ferramenta fundamental nessa prática é o uso de indicadores de desempenho. Eles ajudarão a avaliar as métricas das empresas, o que permite ter uma análise mais concreta dos últimos resultados obtidos. Esse acompanhamento deve ser frequente, já que só ele garante que a cada dia a empresa tenha números melhores.

Quadro de normas institucionalizadas

Por mais que a hierarquia seja um mecanismo importante, a institucionalização das normas é crucial para que a governança corporativa funcione. Nessa etapa do trabalho, todas as regras, padrões e a cultura organizacional são definidas de maneira oficial. Isso ajuda a empresa a se adequar e, principalmente, fiscalizar o cumprimento.

O quadro de normas dá uma base para que setores como o de compliance atue de maneira segura e com embasamento sólido. Assim, boas práticas operacionais e comportamentais serão absorvidas por toda empresa, é claro, começando por gestores e diretores.

Alinhamento da estratégia aos objetivos organizacionais

Bons resultados dependem diretamente de uma estratégia bem definida. A empresa só poderá se desenvolver no seu máximo se souber aonde vai. Com a definição desses objetivos organizacionais, vem a segunda parte do trabalho: definir a melhor estratégia para alcançá-los.

A estratégia deve ser feita com todo cuidado, com estudos profundos baseados em dados e nos últimos resultados. Quando um objetivo é definido, é fundamental conhecer as melhores formas de chegar até ele. A estratégia passa por esse trabalho, com profunda análise, simulação de quadros e, por fim, a definição de como a empresa deve agir.

Trabalho de fiscalização sólido

Toda atividade de uma empresa deve ser fiscalizada. Essa é uma prática indispensável e que forma os principais atos para ter sucesso na implementação de uma governança corporativa de resultados. O acompanhamento da cultura organizacional e das normas é um trabalho que nunca deve ter fim.

A estratégia de uma companhia considera, além dos objetivos, a forma de operação e os processos utilizados. Assim, o caminho para alcançar os objetivos é feito de forma responsável, sem colocar em risco o patrimônio e a solidez da empresa.

Com boas práticas e o conhecimento dos pilares fundamentais, a governança corporativa pode levar qualquer empresa a resultados satisfatórios. Esse é o caminho para ter uma companhia sustentável, transparente e em constante desenvolvimento.

Gostou deste conteúdo? Aproveite e confira 10 motivos para você investir na atualização da gestão estratégica de governança de dados!

qlik-sense-desktop-toccato

 

Artigos relevantes

Toccato + Google Cloud: nova parceria em Cloud Computing

Toccato + Google Cloud: nova parceria em Cloud Computing


Temos o prazer de anunciar uma nova dimensão em nossa oferta de serviços: a parceria da Toccato com o Google Cloud…

Leia mais
Revolucionando o varejo: o papel do BI nos supermercados

Revolucionando o varejo: o papel do BI nos supermercados


Entre prateleiras repletas e corredores movimentados, se esconde um desafio para todo varejo: entender e satisfazer o consumidor moderno, que…

Leia mais
A Toccato mudou: saiba tudo sobre o nosso rebranding

A Toccato mudou: saiba tudo sobre o nosso rebranding


ocê reparou que a Toccato mudou? Nossa marca passou por uma transformação significativa, refletindo nosso compromisso com a inovação e…

Leia mais

Calcule a sua maturidade em dados